História do Município

Santa Maria
Rio Grande do Norte – RN
Histórico

Em 1960, foi iniciada a construção da BR 304, ligando o Estado do Rio Grande do Norte ao Estado do Ceará, tendo à frente o Batalhão de Engenharia.
A construção da BR movimentou toda a região e os primeiros indícios de povoamento começaram a surgir, mais precisamente em torno de algumas placas da obra, colocadas à margem da estrada pela construtora responsável. Dessa forma, teve início a comunidade chamada As Placas, onde foram erguidos barracos que serviam para moradia e comércio.

O núcleo populacional foi se tornando uma realidade. Aos poucos os improvisados barracos foram dando lugar a modernas edificações para residências, bares, restaurantes, comércio e um posto do gasolina. Devido à sua estratégica localização, às margens da BR 304, a localidade já com o nome de Santa Maria passou a experimentar mudanças, também, em sua atividade econômica, deixando de
depender apenas da agricultura.

Devido ao grande fluxo de automóveis, caminhões e viajantes, o povoado ficou famoso por sua  carne assada, seu queijo, sua saborosa refeição e pela receptividade de seu povo, tornando-se uma parada obrigatória para todos que trafegavam pela BR 304.

Com o seu crescimento populacional e sua prosperidade econômica, Santa Maria deu início a luta por sua emancipação política, que veio a ser coroada com êxito no dia 21 de dezembro de 1995,
quando, através da Lei nº 6.841, foi desmembrado de São Paulo do Potengi, tornando-se município do Rio Grande do Norte

Gentílico: mariense ou santa-mariense